aves e cia

Seguidores

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Calopsita informações gerais

Amansando:  Calopsitas mansas são adoráveis, não são? Porém, antes de deixar sua calopsita bem mansa e bem manhosa, pense em  quão mansa você gostaria que ela ficasse, sem restringir a sua vida e sem causar problemas a ela mesma. Uma calopsita muito mansa pode te seguir pela casa por onde você for, criar transtornos durante as suas refeições e não querer se desalojar de seus ombros e de suas costas em momento algum. Preste atenção em quanto ela  fica na sua dependência. Tal dependência pode fazê-la  só querer comer quando você estiver por perto e, ao ficar alojada em seus  ombros, ela deixa de exercitar o físico. Não acostume mal sua ave para não ter futuras dores de cabeça. Pense nos momentos em quando você necessitar viajar, se ausentar, ou mesmo desejar ficar à vontade em sua casa.

Uma calopsita pode ser mansa e, ao mesmo tempo, independente. Ela come em seu viveiro, dorme em seu viveiro, explora a casa e tem seus momentos com você sem que isto se torne o ponto central da convivência.





Como deixar uma calopsita mansa: Você acabou de comprar uma calopsita e ela é arisca. Como fazer? Tenha em mente que, filhotes e machos são mais
fáceis de amansar. Fêmeas são mais ariscas. Os tipos “silvestres” são mais arredios e os tipos “lutinos”, os mais dóceis. Os tipos “arlequins” costumam ser brincalhões e o processo de “amansamento” é de médio a fácil




Dicas: A calopsita acabou de chegar em sua casa e não conhece ninguém. Não faça movimentos bruscos ao redor dela. Movimente vassouras e rodos com suavidade sem levantar muito o cabo. Eles se assustam com os cabos. Não abane tecidos perto deles, principalmente  as cores  marrom e abóbora. Como já foi dito, se você tem calopsitas, não deve ter cachorros e nem gatos. Se tiver, afaste-os deles.

Depois de 2 dias em sua casa, tempo para reconhecimento do ambiente, pegue fitinhas de cetim, faça nós nas extremidades para não desfiar e amarre-as  nas grades da gaiola ou viveiro. Use cores variadas. O balançar das fitas vai ajudar a ave a se acostumar  com o movimento de suas mãos. Quando for pegar algo dentro da gaiola (comedouros, água, etc.) coloque a mão com cuidado e devagar. Muito bem, a calopsita agora está mais tranquila, então é hora de começar a amansá-la. Para amansá-la você precisa criar nela, confiança em você. Fazer com que ela sinta que você faz parte do bando dela.

 

Você precisa criar RAPPORT em sua calopsita. Ooops! O que é Rapport? Tranquilizem-se! Não é nada de comer. Rapport na linguagem da psicologia quer dizer: Confiança, harmonia e isso é fundamental para o sucesso nos relacionamentos humanos/humanos e também nos relacionamentos humanos/animais. Como criar Rapport?  Rapport é você acompanhar o outro de forma que ele sinta que você está o está enxergando, percebendo. Como fazer?  Você precisa se relacionar com o outro da mesma forma com a qual ele se relaciona com o resto do mundo. Ver o mundo pelos olhos dele. Humanos e animais gostam de coisas e pessoas que se pareçam com eles e, quando estabelecemos Rapport, tornamos-nos tão parecidos com o outro que ele passa a confiar na nossa imagem, ou seja, na imagem dele mesmo. Entenderam?  Imite, iguale, espelhe o comportamento de sua calopsita. Tente imitar os assobios dela. Quando ela abrir as asas, abra seus braços como se fosse voar. Espreguice-se com ela, acompanhe-a no que ela faz e, logo, ela estará seguindo você, porque você é do seu bando. Paralelamente, comece a segurar algo de comer para ela vir buscar na sua mão e chame-a mostrando o dedo indicador pedindo para coçar a cabecinha dela. Lembre-se sempre de usar um tom de voz amigo, confidente, cúmplice e morno. Aos poucos, ofereça os dedos para ela subir, depois as costas da mão e, por fim, o ombro. Lembre-se ainda que, você é o espelho dela e ela acompanhará parte de sua personalidade. Aproveite para se tornar alguém mais doce, mais feliz e cada vez mais aberto e confiante para a vida.

 

Dicas do Dr. Shimaoka para amansar: O Dr. Shimaoka além de veterinário cria pássaros e, por isto, ele  sabe coisas  extras sobre elas, pois devemos concordar que, a convivência nos ensina muito. Então... Aqui vai a dica dele para amansar seu  bichinho de penas: Segure a ave com a mão esquerda e a cabeça da  ave voltada para seu peito. Cubra-a com a mão direita e espere alguns minutinhos até que ela se acalme. Acalmou? Comece  a deslizar, suavemente, a mão pelo corpinho dela com carinho. Quando conseguir fazer isto sem causar resistência nela vá deslizando a mão de cima para baixo... de baixo para cima, para a cabeça... Até conseguir acariciá-la normalmente. Neste ponto vá deixando-a livre na sua mão  e comece a retirar  de baixo dela o dedo indicador  fazendo com que ela suba no seu dedo médio até ela  empoleirar. Hehehehehe... Seu amiguinho está pronto para ser coçado todos os dias, mas agora... por favor,  não se esqueça de corresponder,  diariamente às necessidade de carinho dele, ok?

 

Ensinando a Falar: Se a sua calopsita for macho e for sozinho com você, ou seja, se você não tiver outra calopsita na casa, provavelmente, ele vai aprender a falar. Por que? Porque quando eles convivem sozinhos (sem outra calopsita) com o dono eles  assumem o dono como sendo do bando deles e passam a imitar o que o dono faz. Se na casa tiver várias pessoas ele vai escolher de quem gosta mais, com quem tem mais identidade e vai passar a imitar o que esta pessoa ensinar. Comece ensinando uma palavra mais simples. O melhor período é pela manhã. Converse com ele, adule e repita palavra que deseja ensinar não se preocupando QUANDO ele vai falar.  O importante é que ele sinta COMUNICAÇÃO entre vocês e que ele tenha vontade de imitá-lo. Lembre-se  que  só imitamos a quem admiramos e as calopsitas não são diferentes. Faça com que ela te admire e goste de você  para que ela queira se esforçar e aprender a falar. Não desista nos primeiros dias. É preciso paciência e treino.

 

Desejos sexuais: Sua calopsita  está mansa, mas agora tem desejos. Não foi por causa da revista Play boy e nem das cenas de sexo dos filmes, mas... Ela descobriu a sua mão! Você criou Rapport na sua ave, não foi? Pois bem, agora não a desaponte! Se for macho ele vai querer se esfregar na sua mão. Permita. Ele escolheu você como parceiro (a) integral. Se for fêmea ela vai gemer, se abaixar  piando. Seja gentil. Coloque a mão em forma de concha sobre ela e faça, suaves movimentos, como se estivesse galando a bichinha. É só um segundinho. Ela vai ficar feliz.

 

Fuga: Sua calopsita fugiu? Não desista dela! Coloque faixas e cartazes pela região. Se a encontrar e ela estiver a alcance médio (por exemplo: em galho de árvore), você pode tentar pegá-la com rede ou puçá e pode tentar também: Molhe-a com esquiço de mangueira (jato fraco, pois o jato forte pode machucar, seriamente, sua ave). Com as penas molhadas ela vai ter dificuldade de voar e aí você pode conseguir pegá-la.  Depois é necessário secá-la e aquecê-la para que ela não pegue gripe.

Tome sempre  cuidado com janelas e portas abertas. Se você tem ave solta dentro de casa coloque telas. É o método mais seguro.

 

Você vai VIAJAR e pretende levar sua calopsita? Há necessidade de tomar providências antes. Se a viagem for de carro ou de avião, não importa! Há necessidade de tirar GTA para evitar problemas com polícia florestal e fiscalizações.

 

Viagem por AVIÃO:

1. Marcar  a data  da viagem e providenciar  a GTA (Guia de Transporte Animal)  através do Serviço de Sanidade Animal do Ministério da Agricultura.  A GTA também pode ser feita  através de veterinário ou clínica credenciados.  A GTA é válida por 3 dias, por isto, confirme ANTES  a data da viagem. Se a viagem for internacional é necessário  o Certificado Zoosanitário nternacional (CZI)  que é emitido pelos postos do Ministério da Agricultura localizados nos aeroportos internacionais.  A CZI é gratuíta e o  telefone para informações é:  11.3251-0400.

 

2.          Os pássaros são colocados em caixas de transporte adequadas.  Não é permitido      despachá-los     em gaiolas de forma alguma.

 

3. É preciso entrar em contato com a empresa aérea,  fazer a reserva do transporte,     informar o peso da ave e a dimensão da caixa de transporte.

 

Você vai viajar de ÔNIBUS?

As empresas aceitam  animais de pequeno porte. É só apresentar a GTA.

 

Você vai  viajar de CARRO?

Mesmo assim leve a GTA porque a Polícia Florestal pode criar problema. Se a sua calopsita está habituada a viajar em gaiola, tudo bem, porém se ela  ainda não está habituada, é melhor você  colocá-la em uma caixa para evitar que ela se machuque. Não vá se esquecer de fazer furinhos na caixa para ela respirar, ok? Se a viagem for de dia e o sol estiver quente é melhor você pensar em alternativas, pois o calor dentro do carro pode criar sérios problemas  em sua ave. Muitos donos estão habituados a viajarem com suas calôs em gaiolas e até mesmo soltas dentro do carro, mas cuidado porque:

Na gaiola: uma freada mais brusca pode fazê-la cair do poleiro e se machucar.

Solta: Alguém pode se esquecer e abrir janelas.

 

Então agora que está tudo providenciado.... Boa viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário